Conheça os seus direitos

 

Regulamento Europeu 461/2010

Conheça, através de alguns exemplos em formato pergunta resposta, das principais vantagens que obteve com a aplicação deste Regulamento:

 
 
Um carro em garantia pode fazer revisões / reparações em qualquer oficina?

Pode
• A garantia é um contrato entre o construtor do veículo (VW, Opel, Peugeot, BMW, etc.) e o cliente final que adquire o veículo. Por este motivo, qualquer carro de qualquer marca, pode faze r as revisões e/ou reparações em qualquer oficina, seja ele autorizada da marca ou independente. O cliente final é que escolhe o local onde deseja efectuar a manutenção de acordo com a sua vontade.


Se durante o período de garantia o carro for assistido numa oficina independente perde a garantia?

Não
• Durante e após o período de garantia, o proprietário do veículo é livre de escolher o local onde deseja que o seu carro seja assistido. Caso eleja uma oficina independente para efectuar operações de revisão, reparação e/ou
manutenção durante o período de garantia, o seu direito à garantia permanece válido.


Se durante o período de garantia utilizar um lubrificante de marca diferente da recomendada pelo construtor a garantia deixa de ser válida?

Não
• O cliente final é livre de escolher a marca de lubrificante que seja, na sua opinião, a mais conveniente, desde que o lubrificante utilizado respeite e cumpra as especificações originais recomendadas pelo construtor.


Fiz a última revisão ao meu carro numa oficina independente e agora o concessionário diz que perdi o direito à garantia. Isto é verdade?

Não
• Esta informação é ilegal. Se isso acontecer peça ao concessionário em causa que faça uma declaração por escrito dessa informação e envie para a Create. O nosso gabinete jurídico defenderá os seus direitos sem qualquer tipo de custos para si.

Por ter uma luz de aviso acesa no painel de instrumentos levei o meu carro a um concessionário durante o período de garantia. Cobraram-me essa reparação com o argumento de veículo ter efectuado revisões numa oficina independente. Tenho mesmo que pagar esta reparação?

Não
• Um concessionário facturar este tipo de serviço durante o período de garantia tendo como principal argumento o facto do veículo ter sido assistido numa oficina independente é completamente ilegal. Durante a vida útil do veículo, incluindo o período de garantia, o seu proprietário é completamente livre de escolher o local onde deseja efectuar a sua revisão, reparação e/ou manutenção.
Caso o concessionário o obrigue a pagar a reparação deve recorrer para os serviços jurídicos da Create ou à defesa do consumidor.


Caso não respeite os intervalos de revisões aconselhados pelo construtor o veículo perde a garantia?

Sim
• Caso os intervalos de manutenção não sejam cumpridos de acordo com as especificações do fabricante do veículo a garantia caduca automaticamente. No entanto as manutenções podem ser feitas em oficinas independentes.
A rede de clientes da Create possui formação e informação técnica de qualidade que a habilita a fazer a manutenção do seu veículo de acordo com as especificações do construtor, de uma forma mais cómoda e económica.

 
 

Regulamento Europeu 715/2007

A 20 de Junho de 2007 o Parlamento Europeu aprovou o Regulamento 715/2007 que consiste na definição das linhas orientadoras para as normas Euro 5 e Euro 6 (que têm como objectivo controlar e reduzir as emissões de gases)
Os principais destaques para deste regulamento são:

 
 
• O acesso à informação técnica pertencente aos fabricantes de veículos automóveis deve ser livre e normalizado de acordo com o formato OASIS;


• O acesso deve ser realizado fácil e rapidamente através de web-site da marca;


• Não devem existir diferenciação entre a informação disponibilizada às oficinas autorizadas de cada marca e as oficinas independentes;


• A informação técnica que cada fabricante é obrigado a disponibilizar é a seguinte:

• Identificação clara do veículo
• Manuais de técnicos e de manutenção de cada veículo;
• Informação sobre os diversos componentes e diagnóstico;
• Esquemas eléctricos;
• Códigos de avaria (mesmo os que são específicos de cada marca);

Este regulamento deverá entrar em vigor em 2 de Janeiro de 2009. O principal objectivo deste regulamento é permitir que as oficinas independentes tenham acesso a toda a informação sobre determinado veículo, num formato standard e que o custo seja proporcional à informação requerida (isto é, não devem pagar sobre toda a informação disponível para um determinado veículo, mas apenas a que necessitam para realizar uma determinada operação.
Mesmo com a introdução deste regulamento, a Create continuará a apostar em disponibilizar, para a sua rede de clientes, o software de informação técnica VIVID. Este software apresenta as seguintes vantagens quando comparado com a informação técnica a disponibilizar pelas marcas:

• O formato do software VIVID é de consulta mais fácil e directa do que o standard da norma OASIS;


• O VIVID por ser um software de informação técnica multi-marca poupará um tempo e recursos às oficinas independentes;


• A informação técnica disponível no software VIVID é de elevada qualidade e tem o compromisso de se manter actualizada on-line.


Mais informações em www.r2rc.eu